28.2 C
Cachoeira do Sul
segunda-feira, 30 março, 2020 - 19:54
Cachoeira do Sul e Região em tempo real
  • Inicio
  • POLÍCIA
  • Polícia indicia dupla por morte de taxista em Cachoeira do Sul

Polícia indicia dupla por morte de taxista em Cachoeira do Sul

Taxista Paulo Rogério Morales / Foto: Reprodução

O delegado João Gabriel Parmeggiane Pes finalizou o inquérito sobre a morte do taxista Paulo Rogério da Rosa Morales, 54 anos. O caso ocorreu no dia 1º, em Cachoeira do Su. Junior Vanderlei Viana, 19 anos, confessou o crime. De acordo com o depoimento, Viana foi contratado por Henrique Morinel Brandão, 38 anos, para matar o taxista. O rapaz foi indiciado por homicídio duplamente qualificado, por não ter dado chances de defesa para a vítima e por ter agido mediante promessa de recompensa. Já Brandão foi indiciado por homicídio qualificado por ter encomendado o crime prometendo pagamento ao executor.

A investigação policial indica que a motivação do crime foi a vítima cobrando dívidas de corridas feitas para Brandão. O jovem chegou a ser preso em flagrante logo após o crime, mas foi solto por não ter antecedentes criminais e por ter residência fixa. Brandão foi preso em flagrante em casa por tráfico de drogas e negou ser o mandante do assassinato. Devem ser pedidas as prisões preventivas dos dois.

O taxista foi morto ainda dentro do veículo com golpes de faca no pescoço. O corpo foi deixado às margens da BR-153. Já o carro foi encontrado cerca de 30 quilômetros distante, em Novo Cabrais.