31.5 C
Cachoeira do Sul
sábado, 25 janeiro, 2020 - 18:02
Notícias de Cachoeira do Sul e Região

Toffoli retrocede e DPVAT volta a ter redução

Foto: EBC

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, derrubou sua própria liminar que suspendeu no fim de 2019 Resolução do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) nº 378/2019. que reduzia os valores pagos pelos proprietários de veículos para a obtenção do seguro DPVAT, que é obrigatório.

Toffoli atendeu a um pedido de reconsideração feito pelo governo. A União argumentou que não merece prosperar a alegação de que a resolução torna o Seguro DPVAT economicamente inviável. Segundo ela, a Seguradora Líder omitiu “a informação de que há disponível no fundo administrado pelo consórcio, atualmente, o valor total de R$ 8,9 bilhões, razão pela qual, mesmo que o excedente fosse extinto de imediato, ainda haveria recursos suficientes para cobrir as obrigações do Seguro DPVAT”.

A resolução prevê reduções de 68% no valor pago pelos proprietários de carros (saindo de R$ 16,21 para R$ 5,21) e de 86% para motos (passando de R$ 84,58 para R$ 12,25).