28.2 C
Cachoeira do Sul
segunda-feira, 17 fevereiro, 2020 - 09:31
Notícias de Cachoeira do Sul e Região
  • Inicio
  • DESTAQUES
  • DESEMBARGADOR DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA SUSPENDE DECISÃO SOBRE TRANSPORTE COLETIVO EM CACHOEIRA DO SUL

DESEMBARGADOR DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA SUSPENDE DECISÃO SOBRE TRANSPORTE COLETIVO EM CACHOEIRA DO SUL

Desembargador Marco Aurélio Heinz / Foto: Vítor Rosa/OAB/RS

Na tarde desta quinta-feira (30), o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ/RS) divulgou a decisão de suspender os efeitos da decisão judicial que previa a retomada do serviço de transporte coletivo pela Prefeitura de Cachoeira do Sul “até o julgamento deste feito”.

Há 66 anos, a empresa Transporte Nossa Senhora das Graças (TNSG) é a concessionária.

O desembargador Marco Aurélio Heinz é o relator do processo.

Foto: Reprodução

O advogado que representa a empresa, Darci Norte Rebelo Júnior, já havia antecipado que entrou com recurso contra a decisão e que esperava pela manifestação do TJ/RS, conforme reportagem do Portal OCorreio.

Entenda

A Justiça deferiu no dia 23, pedido do Ministério Público de Cachoeira do Sul para que o Executivo Municipal retomasse a prestação de serviço. O pedido ocorreu no âmbito de uma ação civil pública.

Em decisão de 2014, o Poder Judiciário já havia determinado a abertura de licitação, e também que a empresa prestasse o serviço até a conclusão do processo licitatório, a fim de não ocasionar interrupção na oferta de transporte coletivo. Mesmo sem renovação de contrato, encerrado naquele ano, a TNSG seguiu prestando o serviço.

A promotora de Justiça de Cachoeira do Sul, Maristela Schneider, requereu, no dia 21, que fosse determinada a “imediata retomada do serviço público de transporte coletivo pelo Poder Executivo Municipal”. A Justiça arbitrou em R$ 30 mil a multa por dia de descumprimento. A decisão agora foi suspensa até o julgamento.