18.2 C
Cachoeira do Sul
segunda-feira, 16 dezembro, 2019 - 08:13
Notícias de Cachoeira do Sul e Região
  • Inicio
  • DESTAQUES
  • Mutirão corta árvore que atingiu casa no Bairro Virgilino Jaime Zinn

Mutirão corta árvore que atingiu casa no Bairro Virgilino Jaime Zinn

Foto: Ass. Com.

Uma operação em conjunto com Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e 3º Batalhão de Engenharia de Combate foi desencadeada neste sábado (16) para o corte de uma paineira na Rua Batista Carlos, no Bairro Virgilino Jaime Zinn. Um galho da árvore caiu nesta sexta-feira (15), atingindo uma residência. O Corpo de Bombeiros esteve no local durante a manhã e logo depois acionou a Defesa Civil para avaliação da situação.

Foto: Ass. Com.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Edson das Neves Júnior, uma vistoria do engenheiro florestal da secretaria de Meio Ambiente, Cristiano Trojahn, apontou que a árvore apresentava risco de cair e poderia atingir quatro casas. Além do tronco ser curvado, ele também estava oco.

Foto: Ass. Com.

Como ela estava atrás de uma residência, a cerca de 15 metros de distância a rua, foi necessário utilizar um caminhão munck do Exército para que os bombeiros puderem fazer o corte da árvore. A REG Sul também foi acionada para desligar a rede elétrica e o setor de iluminação da Prefeitura ficou responsável pelo desligamento da rede nas residências ao redor.

Foto: Ass. Com.

DANOS – O saldo foram duas casas com pequenos danos nos telhados e uma casa parcialmente destruída. “Passamos mais de 24 horas estudando e planejamento como iríamos executar o trabalho para reduzirmos os danos às residências. Mas concluímos que não conseguiríamos evitar que uma casa fosse atingida durante o corte do tronco. Por isso retiramos as duas pessoas (adultas) que moram nesta casa junto com seus móveis e alojamos na casa de um familiar”, explica Júnior. A casa é parte madeira e parte alvenaria.

Foto: Ass. Com.

No início da semana a Secretaria de Meio Ambiente fará a limpeza do local, retirando a grande quantidade de galhos e tronco que ficou no local e depois a família será auxiliada para a reconstrução da parte danificada. “Foi um trabalho muito difícil, que exigiu muita cautela. Sem o auxílio dos Bombeiros e do Exército os danos as residências seriam muito piores. Toda a ação foi desencadeada para minimizar isso”, frisa Júnior.

Foto: Ass. Com.
Foto: Ass. Com.