19.3 C
Cachoeira do Sul
quinta-feira, 14 novembro, 2019 - 07:57
Notícias de Cachoeira do Sul e Região

Governo volta atrás e IPVA de 2020 poderá ser parcelado

 

Reação de todos os segmentos fez com que governo recuasse e IPVA de 2020 poderá ser parcelado. Foto: Divulgação

 

O governador do Estado, Eduardo Leite, voltou atrás quanto ao calendário de pagamento do IPVA 2020. A decisão foi tomada durante reunião com deputados da base aliada realizada no início da manhã desta terça-feira (5). Desta forma, o contribuinte poderá optar por quitar o imposto de forma parcelada, mantendo o mesmo formato aplicado pela Secretaria da Fazenda em 2019.

Ao anunciar o fim do parcelamento do IPVA e estabelecer a quitação do imposto em janeiro de 2020, o governador causou alvoroço na base aliada e também reação da população, que pelas redes sociais protestou a decisão de Eduardo Leite.

O líder do governo na Assembleia, deputado Frederico Antunes (PP) disse que houve manifestação da base parlamentar e o governo reconhece e vai fazer a revisão.

Pesou para a decisão, a pressão de diferentes setores, incluindo o descontentamento de partidos aliados ao governo que não foram consultados sobre a definição sobre o pagamento em cota única, que havia sido anunciada pelo secretário da Fazenda, Marco Aurélio Cardoso.

ATENÇÃO

Dessa forma, diferentemente do que havia sido divulgado na segunda-feira (4/11) pelo governo, os contribuintes poderão quitar o IPVA até abril – e não mais em janeiro –, com possibilidade de desconto de 3% pela antecipação do pagamento em dezembro, além de 3%, 2% e 1%, respectivamente, para quem pagar em janeiro, fevereiro e março.

Calendário de 2019: o mesmo que irá valer em 2020

  • 1º de abril – final 1
  • 3 de abril – final 2
  • 5 de abril – final 3
  • 8 de abril – final 4
  • 10 de abril – final 5
  • 12 de abril – final 6
  • 15 de abril – final 7
  • 17 de abril – final 8
  • 22 de abril – final 9
  • 24 de abril – final 0