19.6 C
Cachoeira do Sul
domingo, 29 março, 2020 - 08:38
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Greve do magistério contra pacote de Leite ganha adesão

 

 

Professores aderem à greve em protesto ao pacote do governador enviado à Assembleia. Foto: Divulgação

Em Cachoeira do Sul, a greve do magistério em protesto contra o pacote do governador Eduardo Leite, que altera o plano de carreira dos professores, ganhou adesão nesta terça-feira (19). Das 22 escolas da rede estadual, em 10 estabelecimentos de ensino a paralisação é parcial, conforme o 4º Núcleo do Cpers.

Na Escola Liberato, localizada no Bairro Tupinambá, o currículo aderiu à greve, mas o ensino fundamental, médio e a Educação de Jovens e Adultos (EJA), funcionam parcialmente. Pelo menos até o próximo dia 26 (terça-feira) será mantida a paralisação, porque neste dia será realizada em Porto Alegre uma assembleia do magistério.

A greve é parcial também no Instituto João Neves da Fontoura, Angelina Salzano Vieira da Cunha, Dinah Néri Pereira, David Barcelos, Diva Fachin, Neeja Presídio, Virgilino Jaime Zinn (Ciep) e Marieta Ribeiro.

Nos demais municípios de abrangência da 24ª Coordenadoria de Educação (CRE), a greve atinge as escolas Dom Guilherme (Arroio do Tigre), Catarina Bridi (Ibarama), Jacinto Inácio (Santana da Boa Vista), Afonso Diehl e Zoila Portela (Segredo).

 

Professores que aderiram à greve na Escola Liberato. Foto: Divulgação