19.2 C
Cachoeira do Sul
domingo, 23 fevereiro, 2020 - 11:17
Notícias de Cachoeira do Sul e Região
  • Inicio
  • DESTAQUES
  • Casa de Acolhimento abre novo espaço para pacientes atendidos no HCB

Casa de Acolhimento abre novo espaço para pacientes atendidos no HCB

 

 

Novo espaço foi entregue à comunidade da região nesta quarta-feira. Fotos: Cacau Moraes

 

A Casa de Acolhimento de Cachoeira do Sul, localizada na Liga Beneficente Operária, no centro, ampliou nesta quarta-feira (2) mais uma etapa de suas atividades. A instituição, criada em 2013, pela Loja Maçônica Vale do Jacuí 75, que já ampara familiares de pacientes internados no Hospital de Caridade e Beneficência (HCB), agora também servirá de apoio para aquelas pessoas, residentes na região, que são atendidas pelos setores de Oncologia, Traumatologia e Hemodiálise.

Na Casa de Acolhimento existe uma estrutura de sala, cozinha, quartos, banheiros e utensílios distribuídos, além das alas feminina e masculina. O novo espaço entregue à comunidade nesta quarta-feira funcionará das 8h às 18h. “A Casa só se viabilizou graças à direção da Liga Operária, que nos concedeu por 10 anos a parte inferior do prédio, e com o apoio de empresas, pessoas e HCB”, o delegado João Goulart, que integra a Loja Maçônica.

Ele disse que foi a união de esforços e, nesta nova etapa, foi demonstrada mais uma vez a disposição da direção da Liga Operária em colaborar com o projeto. “Trata-se de um amparo que se viabilizou com parcerias e que pretendemos ampliar cada vez mais”, disse João Goulart.

ATENÇÃO

A triagem da ocupação da Casa de Acolhimento é feita pelo Setor de Assistência Social do HCB, que verifica a situação de quem solicita a utilização da instituição. O superintendente do HCB, Luciano Morschel, destacou que o novo espaço será fundamento no auxílio ao tratamento de pacientes. “Aqueles pacientes de outros municípios que estão em tratamento na Oncologia, na Hemodiálise ou na Traumatologia agora sabem que terão este importante apoio”, salientou.

Morschel observou que há casos de pessoas em tratamento, que às vezes não tinham onde ficar após serem medicadas e enfrentavam dificuldades em alimentação. “Com a nova sala da Casa de Acolhimento, esses pacientes poderão preparar sua refeição e terem acomodações para descanso e, desta forma, retornarem para suas casas com mais tranquilidade”, avaliou Morschel.