18.6 C
Cachoeira do Sul
sábado, 28 março, 2020 - 05:32
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Anitta e Tiago Iorc são indicados ao Grammy Latino

Foto: Marcos Hermes/Divulgação

A Academia Latina da Gravação anunciou nesta terça-feira (24) os indicados na 20ª edição do Grammy Latino. Anitta e Tiago Iorc representarão o Brasil na premiação, que ocorrerá em 14 de novembro em Las Vegas, nos Estados Unidos, das 23 horas às 2 hpras (horário de Brasília). A cantora concorre na categoria Melhor Álbum de Música Urbana pelo disco trilíngue “Kisses”, e o cantor disputa a Canção do Ano e Melhor Canção em Língua Portuguesa por “Desconstrução”, de seu último trabalho homônimo.

“Kisses” foi lançado em abril deste ano. O álbum ganhou grande destaque na mídia por ter nomes de peso na lista de colaborações. No disco, Anitta aparece ao lado de Snoop Dogg na faixa “Onda Diferente” e do fenômeno latino Becky G, na canção “Banana”.

Já “Descontrução”, de Iorc, divulgado em maio, marcou o reaparecimento do cantor no mundo da música. Com 13 faixas, o disco, juntamente com os videoclipes, aborda a trajetória de amor de um casal.

A categoria Álbum do Ano é composta por um grupo diversificado de artistas como Paula Arenas (Visceral), Rubén Blades (Paraíso Road Gang), Andrés Calamaro (Cargar La Suerte), Fonseca (Agustín), Luis Fonsi (Vida), Rosalía (El Mal Querer), Alejandro Sanz (#ELDISCO), Ximena Sariñana (¿Dónde Bailarán Las Niñas?), Tony Succar (Mas De Mi) e Sebastián Yatra (Fantasía).

Os indicados deste ano foram selecionados dentre aproximadamente 15,5 mil inscrições em 50 categorias e refletem uma gama. Confira a seguir a lista das principais indicações. No site do Grammy Latino, está disponível a relação completa.

Gravação do Ano
“Parecen Viernes”— Marc Anthony

“Verdades Afiladas”— Andrés Calamaro

“Ahí Ahí”— Vicente García

“Kitipun”— Juan Luis Guerra 4.40

“Querer Mejor”— Juanes com Alessia Cara

“La Plata”— Juanes com Lalo Ebratt

“Aute Couture”— Rosalía

“Mi Persona Favorita”— Alejandro Sanz com Camila Cabello

“No Tengo Nada”— Alejandro Sanz

“Cobarde”— Ximena Sariñana

Canção do Ano
“Calma”— Pedro Capó, Gabriel Edgar González Pérez & George Noriega, compositor (Pedro Capó)

“Desconstrução”—Tiago Iorc, compositor (Tiago Iorc)

“El País”— Rubén Blades, compositor (Rubén Blades)

“Kitipun”— Juan Luis Guerra, compositor (Juan Luis Guerra 4.40)

“Mi Persona Favorita”— Camila Cabello & Alejandro Sanz, compositores (Alejandro Sanz com Camila Cabello)

“No Tengo Nada”— Alejandro Sanz, compositor (Alejandro Sanz)

“Quédate”— Kany García & Tommy Torres, compositores (Kany García & Tommy Torres)

“Querer Mejor”— Rafael Arcaute, Alessia Cara, Camilo Echeverry, Juanes, Mauricio Montaner, Ricardo Montaner & Tainy, compositores (Juanes com Alessia Cara)

“Un Año”— Mauricio Rengifo, Andrés Torres & Sebastián Yatra, compositores (Sebastián Yatra com Reik)

“Ven”— Fonseca, compositor (Fonseca)

Melhor Canção Pop
“Bailar”— Leonel García, compositor (Leonel García)

“Buena Para Nada”— Paula Arenas, Luigi Castillo & Santiago Castillo, compositores (Paula Arenas)

“Mi Persona Favorita”— Camila Cabello & Alejandro Sanz, compositores (Alejandro Sanz com Camila Cabello)

“Pienso En Tu Mirá”— Antón Álvarez Alfaro, El Guincho & Rosalía, compositores (Rosalía)

“Ven”— Fonseca, compositor (Fonseca)

Melhor Fusão/Interpretação Urbana
“Tenemos Que Hablar”— Bad Bunny

“Calma (Remix)”— Pedro Capó & Farruko

“Pa’ Olvidarte (Remix)”— ChocQuibtown, Zion & Lennox, Farruko com Manuel Turizo

“Con Calma”— Daddy Yankee com Snow

“OtroTrago”— Sech com Darell

Melhor Álbum de Música Urbana
Kisses— Anitta

X 100pre— Bad Bunny

Mi Movimiento— De La Ghetto

19—Feid

Sueños— Sech

Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa
“O Tempo é Agora” – Anavitoria

“Tarântula” – As Bahias e a Cozinha Mineira

“Todx” – Ana Cañas

“Para Dias Ruins” – Mahmundi

“Selfie” – Jair Oliveira

Melhor Álbum de Rock ou de Música Alternativa em Língua Portuguesa
“Vulcão” – The Baggios

“O Futuro Não Demora” – Baiana System.

“O Céu Sobre a Cabeça” – Chal

“Goela Abaixo” – Liniker e Os Caramelos

“Matriz” – Pitty

Melhor Álbum de Samba/Pagode
“Canta Sereno e Moa” – Nego Álvaro

“Mart’nália Canta Vinicius de Moraes” – Mart’nália

“De Todos os Tempos” – Monarco

“Em Sua Direção” – Péricles

“Anaí Rosa Atraca Geraldo Pereira” – Anaí Rosa

Melhor Álbum de Música Popular Brasileira
“O Amor no Caos” – Zeca Baleiro

“Canta Tito Madi” – Nana Caymmi

“Tudo É Um” – Zélia Duncan

“Tempo Mínimo” – Delia Fischer

“OK OK OK” – Gilberto Gil

“Besta Fera” – Jards Macalé

Melhor Álbum de Música Sertaneja
“Hora Certa” – Paula Fernandes

“Francis & Felipe” – Francis & Felipe

“Em Todos os Cantos” – Marilia Mendonça

“Live Movel” – Luan Santana

“Ao Vivo em São Paulo” – Mano Walter

Melhor Álbum de Música Sertaneja
“Hora Certa” – Paula Fernandes

“Francis & Felipe” – Francis & Felipe

“Em Todos os Cantos” – Marilia Mendonça

“Live Movel” – Luan Santana

“Ao ViVo Em São Paulo” – Mano Walter

Melhor Álbum de Música de Raízes em Língua Portuguesa
“AJO” – Foli Griô Orquestra

“Macumbas e Catimbós” – Alessandra Leão

“Hermeto Pascoal e a sua Visão Original do Forró” – Hermeto Pascoal

“O Ouro do Pó da Estrada – Elba Ramalho

“Rei Caipira” – Zé Mulato E Cassiano

Melhor Vídeo Musical Versão Curta
“Boca de Lobo” – Criolo Denis Cisma & Pedro Inoue,

“Me Solta” – Nego Do Borel con Dj Rennan da Penha

“Banana Papaya” – Kany García e Residente

“Los Zurdos Mueren Antes” – Nach Willy Rodriguez,

“Vivier Los Colores” – Todo Aparenta Norma