34.5 C
Cachoeira do Sul
segunda-feira, 9 dezembro, 2019 - 16:45
Notícias de Cachoeira do Sul e Região

Rio Jacuí permanece 4 metros acima do seu nível

O nível do Rio Jacuí em Cachoeira do Sul segue em 22 metros, ou seja, 4 metros acima de sua marca normal, conforme a Defesa Civil Municipal, por meio de medição verificada, às 7h30min, desta terça-feira. O Jacuí, no entanto, segue baixando em média 1,4 cm/h.

Segundo o coordenador da Defesa Civil, Edson Júnior, duas famílias foram retiradas de suas residências: uma desabrigada e uma desalojada num total de sete pessoas. “A Defesa Civil mantém o alerta durante a semana até o nível do Rio Jacuí se estabilizar”, afirmou.

 

 

Região do Bairro Cristo Rei foi atingida pela cheia do Rio Jacuí. Foto: Defesa Civil

NO ESTADO

Pelo menos 370 pessoas precisaram sair de casa em razão da elevação do nível de rios e deslizamentos de terra no Rio Grande do Sul, durante o último fim de semana. São Gabriel, Dom Pedrito e Alegrete foram os municípios mais atingidos.

A Defesa Civil estadual enviou a ajuda humanitária para São Gabriel. Colchões, cobertores, alimentos e papel higiênico, entre outros itens, foram doados às famílias atingidas pela cheia do rio Vacacaí. O prefeito do município, Rossano Dotto Gonçalves, assinou decreto de emergência em função das fortes chuvas da semana passada.

Em Santa Cruz do Sul, o rio Pardinho apresentou rápido declínio, contudo a onda de cheia se deslocou para o rio Pardo e Jacuí. No bairro Margarida, um deslizamento de terras em uma encosta, danificou duas residências. Não há feridos e as duas famílias foram removidas do local pela prefeitura. Nesta segunda-feira (29/7), oito pessoas ainda estão desalojadas em Santa Cruz do Sul.

O nível do Rio Jacuí em Cachoeira do Sul segue em 22 metros, ou seja, 4 metros acima de sua marca normal, conforme a Defesa Civil Municipal, por meio de medição verificada, às 7h30min, desta terça-feira. O Jacuí, no entanto, segue baixando em média 1,4 cm/h.

Segundo o coordenador da Defesa Civil, Edson Júnior, duas famílias foram retiradas de suas residências: uma desabrigada e uma desalojada num total de sete pessoas. “A Defesa Civil mantém o alerta durante a semana até o nível do Rio Jacuí se estabilizar”, afirmou.

NO ESTADO

Pelo menos 370 pessoas precisaram sair de casa em razão da elevação do nível de rios e deslizamentos de terra no Rio Grande do Sul, durante o último fim de semana. São Gabriel, Dom Pedrito e Alegrete foram os municípios mais atingidos.

A Defesa Civil estadual enviou a ajuda humanitária para São Gabriel. Colchões, cobertores, alimentos e papel higiênico, entre outros itens, foram doados às famílias atingidas pela cheia do rio Vacacaí. O prefeito do município, Rossano Dotto Gonçalves, assinou decreto de emergência em função das fortes chuvas da semana passada.

Em Santa Cruz do Sul, o rio Pardinho apresentou rápido declínio, contudo a onda de cheia se deslocou para o rio Pardo e Jacuí. No bairro Margarida, um deslizamento de terras em uma encosta, danificou duas residências. Não há feridos e as duas famílias foram removidas do local pela prefeitura. Nesta segunda-feira (29/7), oito pessoas ainda estão desalojadas em Santa Cruz do Sul.