24.3 C
Cachoeira do Sul
sábado, 16 novembro, 2019 - 18:56
Notícias de Cachoeira do Sul e Região

Relatório sugere: ex-assessor e vereador, devolvam dinheiro

A sugestão descrita no relatório da comissão processante é clara: vereador Noeli Castelo e seu agora ex-assessor Alessandro Ferrony, devolvam dinheiro das diárias. O grupo foi criado para apurar possível ato de falta de decoro parlamentar do vereador do PSB relativo à diária concedida no final do ano passado e divulgação de informações com irregularidades não comprovadas em diária de demais vereadores e assessores. A comissão esteve reunida nesta terça-feira (18) para apresentação do relatório.

No início na reunião, o presidente e da Comissão, vereador Gilmar Dutra (PRB), destacou a intensa análise realizada durante 89 dias pelo grupo. “Foi um trabalho exaustivo, para que não fosse cometida nenhuma injustiça”, disse. Na sequência, o relator, vereador Luis Paixão (PP), leu o seu relatório, sugerindo a cassação de Castelo. O mesmo da proposta do helicóptero. O documento de 15 páginas aponta análise de forma detalhada para cada fato indicado nas reuniões, bem como o contraditório apresentado pelo vereador denunciado.

No relatório, Paixão defende a procedência parcial da denúncia feita pelo vereador Itamar Luz (PSDB).

O relator ainda sugere que o vereador e seu ex-assessor sejam notificados para procederem a devolução de diárias percebidas também no ano de 2017, a qual, conforme o ex-assessor Alessandro Ferrony, fora realizada nos mesmos moldes da viagem realizada em 2018.

Paixão também indicou que a Câmara realize uma análise criteriosa de todas as viagens realizadas com diárias percebidas pelo vereador e seu ex-assessor.

O vereador Pedro Jarrão (PDT), membro da comissão processante, votou contra o relatório de Paixão. Já o presidente votou favorável ao relatório.