23.8 C
Cachoeira do Sul
sexta-feira, 15 novembro, 2019 - 16:01
Notícias de Cachoeira do Sul e Região

Baixa procura pela vacina contra a gripe emite alerta

 

 

Unidades sanitárias, agora só abrem na segunda-feira (22). Foto: Divulgação

Os primeiros sete dias de vacinação contra a gripe em Cachoeira do Sul chamou atenção baixa procura. O período destinado às crianças de seis meses até seis anos, gestantes e puérperas (45 dias após o parto) provocou alerta na Secretaria de Saúde, que tem que cumprir metas estabelecidas pelo Ministério da Saúde, que de 90% de cada grupo. Para se ter uma ideia, das 5.417 crianças que necessitam receber a vacina, somente 999 foram levadas às unidades sanitárias pelos responsáveis. Já das 742 gestantes, 187 foram vacinadas e das 122 puérperas, 42 foram imunizadas. Este contingente, no entanto, poderá até o final da campanha receber a vacina.

A partir da próxima segunda-feira (22) abre o período para os demais integrantes do público alvo com os idosos. As unidades sanitárias funcionam pela manhã e tarde. A campanha nacional vai até o dia 31 de maio e o Dia D da vacinação será no próximo dia 4 de maio, sábado.

População estimada para Cachoeira do Sul, na população alvo:

– Crianças de 6 meses a 1 ano 11 meses e 29 dias

População: 1.484

Doses aplicadas: 343

Cobertura: 23,11%

– Criança de 2 anos a 4 anos 11meses e 29 dias

População: 2.905

Doses aplicadas: 536

Cobertura:18,45%

– Criança de 5 anos 11 meses e 29 dias

População: 1.028

Doses aplicadas:120

Cobertura: 11,67%

– Gestantes

População: 742

Doses aplicadas: 187

Cobertura: 25,20

– Puérperas (até 45 dias depois do parto)

População: 122

Doses aplicadas: 42

Cobertura: 34,43

IMPORTANTE

* Professores e trabalhadores de saúde devem apresentar documento que identifique a profissão.

* Portadores de comorbidades devem apresentar a prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina, que deverá ser apresentada no ato da vacina.

Os grupos prioritários para vacinação

  • as crianças na faixa etária de 6 meses a menores de seis anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), aumento a faixa
  • as gestantes,
  • idosos
  • as puérperas (até 45 dias após o parto),
  • os trabalhadores da saúde,
  • os povos indígenas aldeados,
  • os professores das escolas públicas e privadas com identificação.
  • os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais
  • os adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas(Cachoeira não tem instituições que abrigam este grupo),
  • a população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.