18.8 C
Cachoeira do Sul
terça-feira, 7 abril, 2020 - 13:28
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Escolas de Cachoeira terão tecnologia para uso pedagógico

 

 

 

 

Mais de 28 mil alunos das redes municipal e estadual de Cachoeira do Sul e Santa Maria serão beneficiados com um projeto de inserção da tecnologia para uso pedagógico e de gestão. É o projeto Educação Gaúcha Conectada, uma parceria entre a Secretaria de Educação do Estado e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), e que beneficiará 73 escolas, atendendo diretamente 28 mil alunos e 2.900 professores. O evento de lançamento do projeto será nesta sexta-feira, 29 de março, no Salão de Atos do Colégio Marista Santa Maria (Rua Floriano Peixoto 1217, Centro) em Santa Maria. Estarão presentes o secretário estadual de Educação, Faisal Karam, o prefeito de Cachoeira do Sul, Sergio Ghignatti, o prefeito de Santa Maria, Jorge Pozzobon, o gerente do Departamento de Educação e Cultura do BNDES, Conrado Leiras, a coordenadora de Projetos da Fundação Lemann, Daniela Caldeirinha, a especialista em Formação da Fundação Itaú Social, Cláudia Petri e a diretora-presidente do Centro de Inovação para Educação Brasileira (CIEB), Lúcia Dellagnelo.

O projeto Educação Gaúcha Conectada, com investimentos de R$ 3,1 milhões, tem como proposta qualificar o processo de construção do conhecimento dos estudantes, a partir de metodologias que privilegiem o uso das tecnologias no processo pedagógico. “São investimentos que nos ajudarão a trabalhar com situações reais que enfrentamos, como a evasão escolar, a aprovação dos estudantes, a distorção idade-série, entre outros”, explica Karam. Segundo Leiras, o projeto faz parte de uma iniciativa do BNDES que consiste no apoio a projetos de estados e municípios de diferentes regiões do país, e deve contribuir para acelerar a implantação do Programa de Inovação Educação Conectada do MEC.

O prazo para a implantação completa do projeto é dezembro de 2020. Até lá, quatro dimensões serão trabalhadas. Com os professores, a proposta é promover políticas públicas que proporcionem a integração das tecnologias digitais da informação e da comunicação nas práticas, em consonância com a Base Curricular Gaúcha; capacitação e instrumentalização para a realização de atividades pedagógicas que incentivem uma mudança metodológica, incentivando a construção do conhecimento e o protagonismo dos alunos; aquisição de dispositivos móveis (notebooks), kits de robótica educacional e mobiliários específicos que podem ser usados nas salas de aula e demais espaços de aprendizagem. O Programa tem apoio da Fundação Lemann e Itaú Social, e suporte técnico do CIEB.