26.3 C
Cachoeira do Sul
terça-feira, 12 novembro, 2019 - 21:48
Notícias de Cachoeira do Sul e Região
  • Inicio
  • DESTAQUES
  • Prefeito tenta, mas Justiça impede retirada de outdoor do Siprom

Prefeito tenta, mas Justiça impede retirada de outdoor do Siprom

 

 

 

O embate entre o Governo Ghignatti e o Sindicato dos Professores Municipais (Siprom), de Cachoeira do Sul, ganhou mais um capítulo. O prefeito entrou na Justiça dizendo-se incomodado com a colocação de outdoor na cidade, onde é pedido respeito à dignidade dos professores, mas perdeu. Esta é a segunda derrota de Ghignatti. Na outra, a Justiça mandou a Prefeitura rever os cálculos de pagamento dos triênios.

“Prefeito, pare! Respeite o professor, seus direitos e sua dignidade!”. Esta é a frase que está nos outdoors espalhados pela cidade. Em sua alegação, Ghignatti disse que “a mensagem veiculada fere de forma injuriosa a honra do prefeito e pode trazer prejuízo à imagem do mesmo junto à comunidade, sob pena de multa”. Além de negar a liminar ao prefeito, a Justiça marcou para o dia 17 de abril, às 9h30min, uma audiência de conciliação.

SIPROM COMEMORA

O Siprom comemora a decisão da Justiça, mas ainda luta com a questão dos triênios e o pagamento do piso nacional do magistério aos aposentados. A categoria pelas redes sociais foi informada da derrota do prefeito.

NOS BASTIDORES

Nos bastidores, a informação é de que o prefeito Sergio Ghignatti está indignado com o Siprom e destaca que “está cortado o diálogo com os professores”. O embate teve início quando o prefeito recebeu a determinação da Justiça para pagar o piso nacional ao magistério. Alegando efeito cascata, Ghignatti enviou comunicado a cada professores informando que haveria corte de salários na folha de pagamento de janeiro.