20.3 C
Cachoeira do Sul
terça-feira, 19 novembro, 2019 - 01:32
Notícias de Cachoeira do Sul e Região

Prefeito pediu e Câmara aprova parcelamento do Faps

 

Em reunião na Câmara no dia 11 deste mês, o prefeito solicitou a aprovação do parcelamento da dívida do Faps. Foto: Divulgação

A Câmara de Vereadores de Cachoeira do Sul aprovou na sessão desta segunda-feira (17) o parcelamento da dívida da Prefeitura com o Fundo de Pensão e Aposentadoria dos Servidores (Faps). Alegando dificuldades para quitar o débito que se arrasta há anos, o prefeito Sergio Ghignatti tinha solicitado em reunião no dia 11 deste mês o apoio dos parlamentares. Deu certo. Por oito votos a favor e sete contrários, o prefeito conseguiu o prazo de 60 meses com parcela em torno de R$ 300 mil.

Na prática, a Prefeitura conseguiu parcelar o que já estava parcelado, mas que o governo não conseguia pagar. O governo conseguiu baixar o valor da prestação de R$ 800 mil (48 vezes) para R$ 300 mil e ganhou mais prazo para pagar.

A administração Sergio Ghignatti respira, mas tem outra questão que precisa ser resolvida. O valor patronal do Faps está atrasado. Mensalmente são R$ 1.800.00,00. O fôlego financeira do governo se estenderá em janeiro e fevereiro, quando entrarão os recursos do IPTU, mas janeiro também é a data-base de reajuste do funcionalismo. O Faps continua preocupando os funcionários municipais.