17.3 C
Cachoeira do Sul
terça-feira, 10 dezembro, 2019 - 09:19
Notícias de Cachoeira do Sul e Região

Direção do Grêmio anuncia renovações de elenco

Pedro Geromel e Walter Kannemann assinaram nesta quinta-feira (29) a renovação de seus contratos com o Grêmio. O capitão do tricampeonato da América, Geromel, acertou sua permanência até dezembro de 2021, quando completará oito temporadas com a camisa tricolor. Seu companheiro de zaga, o argentino Walter Kannemann assinou até dezembro de 2022. O zagueiro desembarcou em maio de 2016 e formou com Geromel uma dupla vitoriosa. Ambos participaram das conquistas da Copa do Brasil (2016), Libertadores (2017), Recopa e Campeonato Gaúcho (2018).

Geromel assina renovação / Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Geromel foi ainda agraciado três vezes com a Bola de Prata da revista Placar e duas vezes melhor zagueiro do Campeonato Brasileiro. Como reconhecimento, foi convocado por Tite para a disputa da Copa do Mundo na Rússia. Kannemann, que nesta temporada teve atuações perfeitas, recebeu sua primeira convocação à seleção da Argentina.

Kannemann comemora definição / Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

Questionado se a permanência de Renato Portaluppi influenciou na decisão, Geromel disse que não. “Nada, porque a gente não tinha esta certeza. Quando chegamos a um acerto com o clube, ainda não havia esta certeza. Mas a nossa torcida era para que ele continuasse”, justificou.

A data não poderia ser mais emblemática. Mais cedo, o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, anunciou a permanência do técnico Renato Portaluppi. E o dia 29 de novembro marca ainda a data da conquista da Libertadores há um ano diante do Lanús, na Argentina.

Jael também renovou: dois anos / Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação

O centroavante Jael foi mais um com vínculo estendido pelo Grêmio. A alteração de contrato foi publicada no BID da CBF. O contrato firmado tem dois anos de duração.
Jael se firmou como uma das principais opções no ataque gremista, apesar de não ter marcado todos os gols que se esperavam dele. Com boa presença física entre os defensores, contudo, ele foi importante para abrir espaços e, por vezes, municiar o garoto Everton. Também ajudou o fato de alguns dos seus 11 gols no ano terem sido em momentos importantes ou partidas simbólicas, como o Gre-Nal do Gauchão.

Além disso, as duas grandes apostas do Grêmio, em contratações, na temporada não deram resposta. André anotou apenas quatro gols e nunca mostrou o futebol exibido no Sport, apesar de receber muitas chances. Marinho, por sua vez, marcou apenas uma vez e nunca engrenou nas várias tentativas do técnico Renato Portaluppi de encaixá-lo no time.