Carregando...
Torne-se um assinante gratuitamente e desfrute das vantagens de ser um leitor VIP.
Assinar Agora

UFSM: 3 anos em busca de espaços e de investimentos em Cachoeira do Sul

Sexta-feira, 11 de Agosto de 2017 às 13:56 por (cacau@grupofandango.com.br)
Obras do campus seguem no Passo D'Areia. Fotos: Cacau Moraes

São três anos de Cachoeira do Sul. A Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) desde sua chegada em 11 de agosto de 2014 amplia sua participação na comunidade e mantém uma luta com o governo federal para a liberação dos recursos necessários para a obra do campus, localizado no Passo D’Areia. Hoje são 800 alunos nos quatro curso de engenharia espalhados por quatro locais da cidade.

A UFSM está presente em Cachoeira do Sul ocupando parte das instalações do Colégio Totem, a sede da Uergs, o Centro Pastoral da Igreja Santo Antônio e as dependências do polo da Universidade Aberta do Brasil (UAB). Para 2018, a expectativa é de que pelo menos alguns setores do campus já possam ser ocupados por alunos e professores.  

No campus, as obras seguem em ritmo lento. Os recursos via Ministério da Educação e Cultura (MEC) chegam a conta-gotas. Do total de R$ 130 milhões orçados para o projeto UFSM/Cachoeira, cerca de 10% foram liberados. Em junho, foi liberada uma parcela de R$ 1,4 milhão o que deu um fôlego. Duas empresas atuam nas obras.

A De Martini e a MTX Engenharia. As edificações incluem quatro pavimentos com gabinetes, sala para professores, sala de reuniões e laboratórios. O complexo terá 5.712 metros quadrados. O valor que estava previsto, quando a obra iniciou, era de R$ 7.452.903,06. A demora do governo federal na liberação de recursos faz com a UFSM utiliza verba de seu orçamento para aplicar em Cachoeira. “Isto nos preocupa”, diz o diretor do campus, professor José Mário Soares.   

Já a obra da casa do estudante, que estava a cargo da Labor Engenharia, de Erechim, será assumida pela De Martini. Conforme o diretor José Mário Soares, a Labor abandonou a obra há cerca de um ano. “Estamos retomando esta obra que é importante para o nosso projeto”, revela o professor. O projeto tem 1.497 metros quadrados.     

MAIS INVESTIMENTOS

A UFSM realiza investimentos em Cachoeira do Sul com recursos próprios. Assumiu, por exemplo, depois de dois anos o aluguel do Totem. São R$ 25 mil mensais para 22 salas mais laboratórios e biblioteca. Também investiu cerca de R$ 400 mil na adaptação de sete salas mais laboratório em dois pisos do prédio da Uergs, na Rua Sete de Setembro, no centro. A UFSM, no entanto, não paga locação na Uergs e nem das quatro salas mais dois laboratórios que ocupa na UAB.

A Prefeitura que deixou de pagar o alguém do Totem, é a responsável pela locação de duas casas para estudantes e as dependências da Creche da Santo Antônio, onde funcional o Restaurante Universitário (RU).

O QUE REPRESENTA       

A presença da UFSM em Cachoeira do Sul movimenta as áreas produtivas do município como comércio, prestação de serviço, indústria, setor de locação de imóveis, transporte, construção e poder público. Afinal, os 800 estudantes moram na cidade, assim como professores e este envolvimento agrega recursos, que são injetados na cidade.   

 

TAG: UFSM, 3 anos, presença, Cachoeira do Sul
+ GeralVer todas
Escola Borges premiou vencedores da Mostra de Empresas
Escola Borges premiou vencedores da Mostra de Empresas
por Cacau Moraes
A Escola Estadual Borges de Medeiros, de Cachoeira do Sul, promoveu na noite desta quarta-feira (16) a sua XII Mostra de Empresas e Recursos Humanos, com a participação dos alunos do Curso Técnico em Administração...
ATC alerta cavalarianos para o desfile dos gaúchos
ATC alerta cavalarianos para o desfile dos gaúchos
por Cacau Moraes
A Associação Tradicionalista e Cultural (ATC), de Cachoeira do Sul, alerta os cavalarianos sobre o prazo de inscrição para participar do Desfile dos Gaúchos, que acontecerá no dia 20 de setembro, na Rua...
Rede Fan de Comunicação começa atividades nesta sexta
Rede Fan de Comunicação começa atividades nesta sexta
por Da Redação
A história continua. Ao mesmo tempo, parar no tempo não é uma opção. Ao menos para quem busca melhorar. Para quem quer ir além. Para quem encara desafios sem receio, pois tem a convicção da...
Decreto reconhece supermercados como atividade essencial
Decreto reconhece supermercados como atividade essencial
por Cacau Moraes
Decreto do presidente Michel Temer assinado nesta quarta-feira (16) reconhece os supermercados como atividade essencial. Na prática, significa que por meio dessa medida está facilitada a negociação de aberturas das lojas...
Seminário vai analisar atuação das Patrulhas Comunitárias
Seminário vai analisar atuação das Patrulhas Comunitárias
por Cacau Moraes
A Brigada Militar realiza na próxima terça-feira (22), a partir das 13h30min, o 2º Seminário de Patrulhas Comunitárias do Interior. O local será a Escola Sagrado Coração de Jesus, localizada no...
O Correio Digital
Canal no Youtube do Jornal O Correio Jornal O Correio no Twitter Jornal O Correio no Youtube