Carregando...
Torne-se um assinante gratuitamente e desfrute das vantagens de ser um leitor VIP.
Assinar Agora

Metade do atual secretariado desembolsou na campanha de GG

Segunda-feira, 17 de Julho de 2017 às 11:49 por (jrr.ocorreio@gmail.com)
Doadores que viraram secretários repassaram R$ 16,9 mil para campanha / Foto: O Correio

As ações a partir deste segundo semestre na Prefeitura contam com participação efetiva do primeiro escalão. Metade do grupo é formada por doadores da campanha do prefeito Sérgio Ghignatti. Um levantamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) revela que os responsáveis pelas doações de campanha acabaram designados por ele para assumir alguma secretaria. Segundo o TSE, o montante repassado por aqueles que viriam a ser posteriormente oficializados secretários municipais somou cerca de R$ 16,8 mil (perto de 25% do total). Ou seja, de cada quatro doações recebidas durante sua campanha, o prefeito convocou um dos doadores para ser seu secretário.

A lista inclui o atual secretário municipal de Governo, Luciano Lara, que contribuiu com R$ 2 mil. O mesmo valor foi repassado pelo secretário do Trabalho e Ação Social, Newton de Oliveira Fortes. A diretora da mesma pasta, Ani Maria Garske Frey, doou R$ 1,4 mil para a campanha de Ghignatti, conforme dados do TSE.

O maior valor doado entre os atuais secretários veio da responsável pela Educação, Ana Margarete Vivian Machado: R$ 5,6 mil.

Já o vice-prefeito e secretário municipal de Obras, Cléber Cardoso, ajudou com outros R$ 2,4 mil.

O secretário municipal da pasta de Coordenação e Planejamento, Júlio Bittencourt, também figura na lista de doações com R$ 2,3 mil.

Ainda de acordo com a pesquisa do TSE, o próprio Ghignatti repassou para sua campanha o correspondente a R$ 14 mil. O restante (cerca de R$ 11 mil) vieram da Direção Nacional do PDT.

O atual salário bruto do prefeito gira em torno de R$ 15,9 mil. Já os vecimentos dos secretários municipais são cerca de R$ 9,5 mil.

Ao todo, a campanha de Ghignatti para prefeito arrecadou R$ 69,2 mil em receita, segundo aponta o TSE.

 

TAG: Cachoeira do Sul
+ PolíticaVer todas
Câmara rejeita mudar sistema eleitoral para "distritão"
Câmara rejeita mudar sistema eleitoral para "distritão"
por José Renato Ribeiro
A Câmara dos Deputados rejeitou nesta terça-feira (19), a proposta que transformaria o atual sistema eleitoral no "distritão" em 2018 e no "distrital misto", em 2022. A mudança valeria para escolha de...
GG segue mudanças com acúmulo de secretarias
GG segue mudanças com acúmulo de secretarias
por José Renato Ribeiro
As mudanças no secretariado do prefeito Sérgio Ghignatti devem ser anunciadas ainda nesta semana. Segundo sinalizam fontes de dentro da Prefeitura, a pasta de Meio Ambiente - até então sob responsabilidade de Henrique...
Senado abre consulta sobre revogar estatuto do desarmamento
Senado abre consulta sobre revogar estatuto do desarmamento
por Da Redação
O Senado Federal abriu uma consulta pública para saber a opinião da sociedade sobre uma proposta do senador Wilder Morais (PP-GO), que prevê a realização de um plebiscito sobre a revogação do Estatuto...
Gravação revelaria negociação por cargo na Prefeitura
Gravação revelaria negociação por cargo na Prefeitura
por José Renato Ribeiro
Expectativa? Receio? Uma mistura de reações é a receita dos bastidores políticos atuais de Cachoeira do Sul devido a um suposto áudio que revelaria a negociação por cargos na Prefeitura de Cachoeira...
Recomposição de teto da Oncologia esbarra em política
Recomposição de teto da Oncologia esbarra em política
por José Renato Ribeiro
Segundo o ministro da Saúde, a recompósição do teto da Oncologia em Cachoeira do Sul passará ainda por consulta a parlamentares. Antes de seu pronunciamento oficial sobre o assunto, Ricardo Barros submeterá...
Assine, é Grátis
FeirãoVer todos
Cadastre um anúncio
O Correio Digital
Canal no Youtube do Jornal O Correio Jornal O Correio no Twitter Jornal O Correio no Youtube