Carregando...
Torne-se um assinante gratuitamente e desfrute das vantagens de ser um leitor VIP.
Assinar Agora

Suspeitos do assassinato de adolescente são presos pela Polícia Civil

Quinta-feira, 18 de Maio de 2017 às 19:03 por (redacao@grupofandango.com.br)
Armas, celulares, munições e dinheiro foram recolhidos em ação da Polícia / Foto: O Correio

Dois suspeitos de envolvimento no assassinato do adolescente Fabrício Geraldo Simão, de 13 anos, foram presos pela Polícia Civil de Cachoeira do Sul nesta quinta-feira (18). Fernando Rosso de Vargas, e Márcio da Silveira Nunes, 32 anos, foram capturados em suas respectivas residências, na Rua Conde de Porto Alegre, no Bairro Marques Ribeiro, e na Rua Ernesto Müller, no Tupinambá.

De acordo com a Polícia, Vargas teria sido o condutor do Ford KA prata usado pelos assassinos na noite do crime, no Bairro Marina, nos fundos da Escola Baltazar de Bem. Nunes teria atuado indiretamente no crime ao fornecer a arma para o criminoso que efetuou o disparo. O homem, que ainda não foi preso, é investigado pelos agentes. O carro, pertencente à namorada de Vargas, foi recolhido pela Polícia.

Os policiais começaram a cumprir mandados de busca e apreensão ainda pela manhã. Celulares foram recolhidos numa casa no Bairro Tibiriçá. Na residência de Vargas, também foram recolhidos celulares e um revólver calibre 38 com munições, bem como roupas que ele teria usado na noite do crime. Por já ter antecedentes criminais, ele teve a prisão em flagrante por posse ilegal de arma lavrada pelo delegado Gabriel Parmeggiani, que ainda encaminhará à Justiça um pedido de prisão preventiva para Vargas, que não quis prestar depoimento para se manifestar só em juízo.

Na casa de Nunes, os agentes recolheram um revólver calibre 38, um valor não revelado em dinheiro, munições de diferentes calibres, limpadores de canos de espingardas e celulares. Nunes possui antecedentes criminais, é apenado com tornozeleira eletrônica e também teve a prisão em flagrante lavrada pela Polícia. Ele nega participação no crime e alega que tinha a arma apenas para defesa pessoal.

Ao longo do dia, a Polícia recolheu 15 celulares que estavam em poder dos suspeitos. As duas armas apreendidas serão encaminhadas ao Instituto Geral de Perícias (IGP) para exame de balística, que deverá apontar qual delas foi utilizada no crime.

BALA PERDIDA

Segundo a Polícia, o adolescente Fabrício Geraldo Simão foi morto por um tiro de bala perdida. Os assassinos do garoto teriam agido com a intenção de efetuar os tiros para assustar os irmãos Rodrigo Moisés Dias Lopes, 36 anos, e Paulo Ricardo Dias da Silva, 22, que moram na mesma rua onde o Fabrício foi baleado na nuca.

A ação teria sido em represália aos irmãos Dias, que foram absolvidos da acusação pela morte do jovem Alisson Pires da Silva, o Magu, na tarde do dia 5 de maio. Os tiros que mataram Fabrício foram disparados na madrugada do dia 6 de maio, um sábado, quando uma confraternização acontecia no bar dos irmãos Dias.

TAG: assassinato, homicídio, adolescente, cachoeira do sul
+ PolíciaVer todas
Caminhão atropela menina de 11 anos em Rio Pardo
Caminhão atropela menina de 11 anos em Rio Pardo
por José Renato Ribeiro
Um caminhão atropelou uma menina de 11 anos na tarde desta quarta-feira (20) na ERS-403 em Rio Pardo. A criança voltava a cavalo do Desfile Farroupilha. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) socorreu a...
Quadrilha explode caixas eletrônicos em Tabaí
Quadrilha explode caixas eletrônicos em Tabaí
por José Renato Ribeiro
Quatro bandidos fortemente armados explodiram os caixas eletrônicos de uma agência do Banrisul na madrugada desta quarta-feira )20), por volta da 1 hora, em Tabaí. Moradores relataram para policiais que o bando chegou ao local em...
Brigada e Polícia prendem dois por tráfico em Cachoeira
Brigada e Polícia prendem dois por tráfico em Cachoeira
por Milos Silveira
A Brigada Militar e a Polícia Civil efetuaram duas prisões por tráfico em Cachoeira do Sul nesta terça-feira (19). A primeira ocorrência foi no final da manhã, num beco junto à Rua Ivo Becker, no...
Polícia combate organização criminosa por fraudes no RS
Polícia combate organização criminosa por fraudes no RS
por José Renato Ribeiro
A Polícia Civil gaúcha desencadeou nesta terça-feira (19), operação para combater uma organização criminosa que atua na montagem de empresas fraudadoras conhecidas por “araras”. Foram...
Homem baleado no Bairro Funcap apresenta melhora
Homem baleado no Bairro Funcap apresenta melhora
por Da Redação
Atualizado às 20h26min O homem que foi baleado no Bairro Funcap na manhã do último domingo (17) apresentou melhora e já deixou o Hospital de Caridade e Beneficência (HCB) de Cachoeira do Sul. Daniel Santos da Silva,...
Assine, é Grátis
FeirãoVer todos
Cadastre um anúncio
O Correio Digital
Canal no Youtube do Jornal O Correio Jornal O Correio no Twitter Jornal O Correio no Youtube