Carregando...

Cachoeirense faz sucesso como celebrante de casamentos

Domingo, 02 de Abril de 2017 às 13:03 por (cacau@grupofandango.com.br)
Nicole em celebração de casamento na Praia Mole, em Florianópolis. Fotos: Arquivo pessoal

A cachoeirense Nicole Nazer, 31 anos, se destaca há algum tempo numa atividade que cada vez chama atenção de quem pretende se casar. Niqui, como é conhecida, é acadêmica de Filosofia da UFSC, reside em Florianópolis, e tem sido chamada para celebrar casamentos, uma atividade que ganha simpatia de noivos e de famílias. Trata-se de um trabalho que requer dedicação, estudo, profissionalismo e que acontece nos mais diversos locais.

Ela diz que celebrante não é alguém que chega e lê um texto para os noivos, é alguém que tem que trazer em si, as crenças sobre amor, casamento e ter valores semelhantes aos que prega. “É uma grande responsabilidade”, avalia.

Nicole já celebrou casamentos em quatro estados, em dois idiomas e para casais dos mais diversos perfis. Desde estrangeiros que moram no Brasil, estrangeiros de férias, casais de brasileiros que vieram casar no Brasil, até os considerados tradicionais. “A grande maioria dos celebrantes ainda são homens, muitos senhores”, revela Nicole, acrescentando que poucas são as mulheres que celebram, especialmente jovens.


 Ela conta que quando foi pesquisar para seu projeto, percebeu que a maioria das celebrações eram ecumênicas e os ritos oferecidos se repetiam muito, tais como areias coloridas, vinho, velas. “Busquei algo que fosse realmente original e não repito ideias que não são minhas. Além de um texto criativo, espirituoso e com base na Filosofia”, afirmou. Para Nicole, seu objetivo é contemplar casais que buscam cerimônias que tenham a sua identidade e não se sentiam representados pelas opções oferecidas no mercado.  “O casal participa da composição da cerimônia e sugere o que quer que faça parte do seu grande dia. Então, tudo é feito de acordo com o que os noivos querem”, salienta.

ESTILO

Nicole explica que:

- Cada celebrante tem um estilo de celebração. O meu é laico e humanista. Falo de sentimentos, da história do casal, da importância da união, sem menção religiosa.

- Minhas celebrações são personalizadas, não tenho um menu de ritos. Mas sim, crio coisas novas para cada celebração, de acordo com o perfil do casal. Sugiro ideias inspirada em viagens pelo mundo e vivências pessoais. Mas já fui surpreendida por uma noiva que gostaria que as cachaças, produzidas pela mãe como lembrancinhas, fizessem parte do rito. E para atender o desejo dela, criei uma das celebrações mais inusitadas e especiais até agora.

- As celebrações podem ter a participação dos pais e padrinhos e até de todos os convidados.

- Além de casamentos, é possível celebrar bodas, aniversários, batizados. Tudo é criado a partir da história dos protagonistas e pode ser adaptado a outras celebrações.


O CORREIO PERGUNTA
 

O que é ser celebrante de casamentos?


- É ser quem dá ânimo, a celebração de um novo ciclo na vida de duas pessoas, que por livre e espontânea vontade, estão se unindo por amor. Apesar de não haver uma formação específica para a profissão, a sensibilidade, o respeito as crenças do casal e a espiritualidade, pensando em um todo e não restrita a uma religião, também são essenciais para exercer este ofício.

Como você decidiu seguir esta profissão?


- Trabalhei durante 8 anos com eventos sociais, casamentos em especial. Estudo filosofia na UFSC, escrevo desde sempre e amo observar o comportamento das pessoas. Em 2014, uma amiga, que é organizadora de casamentos e iria se casar, me convidou para unir todos os meus “talentos” e celebrar o casamento dela. Amei a ideia e fui pesquisar mais sobre a função. Em resumo, ela trocou a data do casamento duas vezes, mas notando uma necessidade do mercado, me incentivou a levar o projeto para atender suas clientes. Então, em maio de 2015, depois de ter amadurecido e pesquisado bastante sobre a profissão, é que me encorajei para iniciar meu projeto.

Como são construídas as celebrações?


- Através de entrevistas feitas aos noivos e bate papo em nossas reuniões. Não tenho um texto genérico, cada texto é escrito para cada casal, respeitando a personalidade, as crenças e os valores deles. Leio, pesquiso, crio e deixo com o máximo de detalhes do casal possível. Tem muita emoção e também tem leveza. Sempre sugiro um ritual, que é um momento criado para os noivos, com elementos que tenham a ver com eles também. As minhas cerimônias são sempre diferentes, emocionantes e memoráveis. Os noivos tem seu amor celebrado de maneira única e os convidados são sempre surpreendidos por este mesmo motivo. A celebração é a parte mais importante e emocionante do casamento, afinal, é ela que dá sentido à festa que vem a seguir.


Qual o perfil de casais que procuram um celebrante
- Casais que não irão se casar em um templo, pelos mais diversos motivos e também os que querem personalidade em todos os detalhes. Se podem decidir sobre quando e com quem irão se casar. É justo que escolham também uma celebração do amor que tenha a ver com as suas crenças, desejos e personalidades.

 


 

TAG: Cachoeirense, celebração, casamentos, Nicole
+ GeralVer todas
Repórter da 99.1 Mais vence prêmio nacional de Jornalismo
Repórter da 99.1 Mais vence prêmio nacional de Jornalismo
por Da Redação
Um dos mais importantes prêmios de Jornalismo no cenário nacional divulgou na tarde desta terça-feira (13) seus vencedores. Com foco no melhor conteúdo sobre a Saúde no Brasil, o Prêmio Synapsis FBH de...
Justiça Estadual funciona normalmente na sexta-feira
Justiça Estadual funciona normalmente na sexta-feira
por Da Redação
Nesta quinta-feira (15), Feriado da Proclamação da República, o Judiciário Estadual terá plantão para atendimento de medidas de urgência. Na sexta-feira, o funcionamento em Porto Alegre e também...
Prefeitura e IPE ainda não se decidem sobre alíquota
Prefeitura e IPE ainda não se decidem sobre alíquota
por Milos Silveira
O prefeito Sergio Ghignatti se reuniu na manhã desta terça-feira (13) com o presidente do Instituto de Previdência do Estado (IPE/Saúde), João Gabbardo dos Reis, e sua equipe para tratar da proposta de...
Funcionamento das escolas estaduais após o feriado
Funcionamento das escolas estaduais após o feriado
por Cacau Moraes
A Secretaria Estadual de Educação (Seduc) informa que não haverá expediente na sexta-feira (16), atendendo ao decreto do Governo do Estado que estabelece ponto facultativo para os órgãos e entidades da...
Parcelamento de dívida de ICMS terá descontos e redução de juros
Parcelamento de dívida de ICMS terá descontos e redução de juros
por Da Redação
A Secretaria da Fazenda pretende lançar, ainda neste mês, um novo programa de quitação ou parcelamento de dívidas de ICMS, com redução dos juros e descontos em multas. Já aprovada pelo Confaz...
Assine, é Grátis
OCorreio Digital
Canal no Youtube do Jornal O Correio Jornal O Correio no Twitter Jornal O Correio no Youtube
  • O Correio Digital
  • Rua 15 de Novembro, 884 - CEP: 96508-751 | Cachoeira do Sul - RS
  • (51) 3724-0300