Carregando...

Comandante ou comandado?

Segunda-feira, 11 de Junho de 2018 às 10:00 por (cleoboanova@gmail.com)

Acho importante voltar a referir aqui o espetacular trecho de uma palestra que assisti em Novo Hamburgo num evento promovido pela Seicho-No-Ie, chamado Seminário da Luz. O palestrante contou mais ou menos a seguinte história: "um homem recebe um amigo que mora numa cidade distante para passar o final de semana em sua casa. No sábado pela manhã os dois juntos vão à tabacaria na vizinhança para comprar jornal. Chegando lá, o amigo anfitrião pede ao dono do estabelecimento o que pretende, de forma bastante simpática e gentil, mas é atendido de maneira sisuda e nada hospitaleira pelo vendedor. Ainda assim, o cliente despede-se com gratidão e serenidade após adquirir o produto. 

No caminho de volta o visitante expressa então ao amigo a sua profunda indignação pelo fato de aquele homem ter sido tão grosseiro e mal-educado apesar da forma afável e cortês com que foi tratado. Ao que o seu amigo responde que ele está muito melhor do que já fora, pois logo ao mudar-se para aquele lugar, sequer o homem erguia a cabeça para olhá-lo, o que hoje já faz, ainda que nada contente. O visitante, firmemente, fala o seguinte: Mas o que eu não consigo entender é porquê você também não o trata da mesma forma antipática e desprezível com que ele faz? Responde o amigo: De jeito nenhum, pois se eu fizer isso, é ele quem vai estar determinando como eu devo agir, e não eu".

Moral da história: cada um de nós, cada pessoa está no comado de sua própria vida, tendo total domínio sobre os seus pensamentos, os seus sentimentos, as suas palavras e os seus atos. Mas no momento em que nos permitimos nos apegar a qualquer elemento externo que nos faça sofrer, seja por intolerância, egocentrismo, incompreensão, enfim, nós estamos entregando o comando da nossa vida a outrem, invertendo a nossa posição de comandante para comandado, de dominador para dominado e de senhor para escravo das circunstâncias...

 

O melhor de tudo é que a gente tem opção. A começar por concordar ou não com as afirmações acima. 

Ótima semana, queridos leitores e leitoras!

Cleo Boa Nova é publicitário, consultor, escritor, músico e comunicador, autor dos livros "A Nossa Vida é a Gente Quem Cria. Senão Não Seria a Nossa Vida" e "Viva Feliz o Dia de Hoje! Viva!" e autor-intérprete do CD "Paz e Alegria de Viver".  

TAG: cleo boa nova
+ ColunasVer todas
Biquínis & maiôs do Verão 2019
Biquínis & maiôs do Verão 2019
por Luciane Silveira
O verão ainda não chegou, mas com esse calorzinho de primavera, já dá praia! E para as estilosas, os lançamentos das coleções praianas, já estão disponíveis em lojas, shoppings e...
Alimentação e Outubro Rosa
Alimentação e Outubro Rosa
por Denise Caspani
Impossível falar de prevenção do câncer nas mulheres sem abordar a influência da alimentação. A saúde das pessoas está relacionada a questões genéticas mas também...
O Fegaes
O Fegaes
por Alma Pampa
O Fegaes (Festival Gaúcho Estadual Estudantil) é um dos maiores festivais gaúchos que envolvem exclusivamente estudantes e visa difundir a nossa cultura e raízes. O foco do festival é o meio estudantil em todos os...
Ser pego pelo apego.
Ser pego pelo apego.
por Cleo Boa Nova
Toda pessoa que é bastante apegada a conceitos pré-estabelecidos, a coisas materiais e assim, também, a outras pessoas, pela própria condição de apego que ela mesma se impõe, tende a viver...
Papagaio come milho e o periquito leva a fama
Papagaio come milho e o periquito leva a fama
por Da Redação
Em tempos de campanha eleitoral como a do primeiro turno deste ano, o que não falta é gente que faz uso do oportunismo para querer se dar bem. Em Cachoeira do Sul, não foi diferente. Na campanha dos Covatti – deputada...
Assine, é Grátis
OCorreio Digital
Canal no Youtube do Jornal O Correio Jornal O Correio no Twitter Jornal O Correio no Youtube
  • O Correio Digital
  • Rua 15 de Novembro, 884 - CEP: 96508-751 | Cachoeira do Sul - RS
  • (51) 3724-0300