Carregando...

Curtas

Quinta-feira, 11 de Janeiro de 2018 às 10:51 por (julianasgn@gmail.com)

Música nas Férias

A Coordenadoria de Projetos Sociais e Culturais, voluntariamente coordenada pela primeira-dama D. Jussara Ghignatti, está lançando o “Música nas Férias”. Trata-se de um curso compacto de violão e guitarra com os professores Ezequiel Rosa e Filipe Lindenmaier com o objetivo de desenvolver a teoria e a percepção musical através destes  instrumentos. As aulas serão gratuitas destinadas as pessoas que encontram-se em níveis de iniciante e intermediário, a partir dos 12 anos e que possuem o violão e/ou a guitarra e os devidos equipamentos. Serão abertas dez (10) vagas por curso. As inscrições abriram de 10 a 16/01, pelos telefones (51) 3724 6025 e (51) 3724 6015. O curso acontecerá de 17/01 a 07/02, com uma aula semanal de 2h, nas quartas-feiras, tendo como local a Casa de Cultura Paulo Salzano Vieira da Cunha.

Ezequiel e Filipe são graduados em música pela Universidade Federal de Santa Maria - UFSM e responsáveis pelo Projeto Musicalização no Campo.

 

Tudo que liga na tomada

Ubiratan e Paloma Freitas recebem lixo eletrônicos e periféricos de informática, na Antiga Estação Férrea, no Bairro Otaviano. Para os que não sabem onde descartar esses dejetos fiquem atentos. Os materiais lá deixados passam por um diagnóstico de sobrevida (reutilização) e os obsoletos são desmontados e vendidos para o Japão. Em média, os Freitas recolhem 30 toneladas mês e possuem, também, um projeto social de conscientização sobre as causas que afetam a saúde, quando não há o descarte de maneira correta. Seria interessante um outro ponto para descarte mais ao centro da cidade, porém enquanto essa ideia toma forma, fica a dica. Quer descartar tudo o que liga na tomada? Vá na antiga Estação Férrea.

 

Um joelho ralado dói bem menos que um coração partido

Além das dores físicas, as existenciais, conhecidas como da alma tornam-se, a cada dia, mais intensas e incuráveis. Quando a dor no peito insiste e as lágrimas rolam inesperadamente, procure ajuda na área da psicologia. Não somos super-heróis e heroínas. Precisamos, inegavelmente, admitir nossas limitações. Tratar da saúde mental, em tempos de felicidade artificial é necessário, entretanto, os cuidados com a não dependência do tratamento precisa ser considerada. Bons tempos, quando o merthiolate ardia e a dor passava.

TAG: juliana da silva
+ ColunasVer todas
Ser pego pelo apego.
Ser pego pelo apego.
por Cleo Boa Nova
Toda pessoa que é bastante apegada a conceitos pré-estabelecidos, a coisas materiais e assim, também, a outras pessoas, pela própria condição de apego que ela mesma se impõe, tende a viver...
Papagaio come milho e o periquito leva a fama
Papagaio come milho e o periquito leva a fama
por Da Redação
Em tempos de campanha eleitoral como a do primeiro turno deste ano, o que não falta é gente que faz uso do oportunismo para querer se dar bem. Em Cachoeira do Sul, não foi diferente. Na campanha dos Covatti – deputada...
Guerra Mundial Z 2 ganha data de início das filmagens
Guerra Mundial Z 2 ganha data de início das filmagens
por Rafael Bordignon
Mesmo contra todas as provisões e levando em conta todos os contratempos já ocorridos, Guerra Mundial Z 2 sairá do limbo. Segundo os produtores Dede Gardnere Jeremy Kleiner (via Collider), o diretor David Fincher e o astro Brad...
O Artesanato Gaúcho
O Artesanato Gaúcho
por Alma Pampa
“A palavra arte pode assumir várias significações na linguagem. Falando-se de transformação de matéria bruta pelo homem, ela pode representar uma forma de produção quando se desenvolve na...
Só haverá vencedores.
Só haverá vencedores.
por Cleo Boa Nova
Quando temos algum desentendimento com alguém, uma discussão acirrada, uma acentuada divergência, é muito bom estarmos cientes de que em qualquer briga entre duas ou mais partes não existe um vencedor. Mesmo que...
Assine, é Grátis
OCorreio Digital
Canal no Youtube do Jornal O Correio Jornal O Correio no Twitter Jornal O Correio no Youtube
  • O Correio Digital
  • Rua 15 de Novembro, 884 - CEP: 96508-751 | Cachoeira do Sul - RS
  • (51) 3724-0300