Carregando...

"Aquele tá bem!"

Segunda-feira, 04 de Dezembro de 2017 às 13:50 por (cleoboanova@gmail.com)

Existe uma concepção, espécie de dogma coletivo, que rege que, quanto mais se pode comprar, adquirir, possuir bens materiais, melhor a gente está. Tipo: “Aquele tá bem!”, como se costuma fazer referência a alguém de expressivas posses materiais. Mas pode-se questionar essa afirmativa, literalmente falando, a partir de muitos casos reais de que conhecemos, seja por presenciar ou por informações que nos chegam de que, entre pessoas realmente abastadas financeiramente, há em grande número quem sofra de depressão, quem conviva com desavenças constantes na família, quem seja prejudicado pela cobiça e interesses materiais de terceiros, entre outros fatos que em nada condizem com uma vida boa e tranquila, ou seja, com o que possa parecer “estar-se bem”, conforme destaca a introdução. 

Lógico que ser próspero financeiramente é sempre ideal no sentido de que possamos ter o que precisamos, quando e onde virmos a precisar, o que é infinitamente melhor do que viver com recursos financeiros apenas razoáveis ou ainda precários. Mas podemos considerar que a situação econômica de alguém não seja realmente determinante para medir o seu grau de satisfação na vida, de acordo com os exemplos já citados.

Tudo depende da escala de valores que cada um elege para si. É que quando os principais aspectos da nossa vida e comportamento sintonizam plenamente com harmonia e paz interior, com respeito aos semelhantes, com satisfação em servir e beneficiar os outros, por entendermos que tudo isso faz um bem incomparável para a nossa mente, para o nosso espírito e para o nosso coração, sem que dinheiro venha ao caso, aí sim tem-se plena correspondência com “estar-se bem”, com "Aquele tá bem!”. Esse "aquele" pode ser a gente mesmo, você, eu, todo mundo, sempre que assim quisermos, independentemente da situação financeira em que nos encontrarmos...

 

O melhor de tudo é que a gente tem opção. A começar por concordar ou não com as afirmações acima.

 

Ótima semana, queridos leitores e leitoras!

Cleo Boa Nova é publicitário, consultor, escritor, músico e comunicador, autor do livro "A Nossa Vida é a Gente Quem Cria. Senão Não Seria a Nossa Vida" e autor-intérprete do CD "Paz e Alegria de Viver".

TAG: cleo boa nova
+ ColunasVer todas
Para torcer com estilo: Copa 2018
Para torcer com estilo: Copa 2018
por Luciane Silveira
Para os torcedores e torcedoras da seleção brasileira que não dispensam torcer para o Brasil com looks super produzidos, separei algumas inspirações para arrasar, nas ruas ou assistindo aos jogos da nossa...
Amar as pessoas
Amar as pessoas
por Cleo Boa Nova
Mas, afinal, como sabemos quando estamos nos amando? É quando estamos fazendo o maior bem que alguém pode fazer pra si mesmo: evitar o próprio sofrimento. E ao citar sofrimento, me refiro a todas as situações do...
A Freira: Spin-off de Invocação do Mal ganha trailer
A Freira: Spin-off de Invocação do Mal ganha trailer
por Rafael Bordignon
Preparados para os pesadelos hoje à noite? Pois o primeiro trailer de A Freira acabou de ser lançado! Taissa Farmiga e Demian Bichir serão os protagonistas do longa dirigido por Corin Hardy, enquanto Bonnie Aarons volta a...
Entre na linha: calças estilosas
Entre na linha: calças estilosas
por Luciane Silveira
As calças esportivas, com listras laterais, estão ganhando as passarelas e as ruas, cheias de estilo, emprestam a decoração de listras laterais para looks chiques e casuais. Em tecidos fitness, jeans ou tecidos nobres, a...
Comandante ou comandado?
Comandante ou comandado?
por Cleo Boa Nova
Acho importante voltar a referir aqui o espetacular trecho de uma palestra que assisti em Novo Hamburgo num evento promovido pela Seicho-No-Ie, chamado Seminário da Luz. O palestrante contou mais ou menos a seguinte história: "um...
Assine, é Grátis
OCorreio Digital
Canal no Youtube do Jornal O Correio Jornal O Correio no Twitter Jornal O Correio no Youtube
  • O Correio Digital
  • Rua 15 de Novembro, 884 - CEP: 96508-751 | Cachoeira do Sul - RS
  • (51) 3724-0300